Sidebar

19
Ter, Mar

Monica Iozzi

  • A virada avança e mais artistas declaram voto em Haddad; confira

    A cantora Maria Bethânia postou em seu Instagram foto segurando uma camiseta com inscrição "Haddad e Manu 13" juntamente com a cantora e compositora Mart’nália. Este sábado (27), véspera da eleição mais importante dos últimos, anos traz surpesas boas.

    A jornalista Monalisa Perrone, apresentadora do Hora um, da Rede Globo também declarou seu voto. "Tenho visto muita coisa e ficado calada, sem me posicionar politicamente, mas, não há outra saída. Não vou apoiar a volta do militarismo. Pela democracia, irei em Fernando Haddad e Manuela D'Ávila", disse.

    Alceu Valença também declarou voto em Fernando Haddad. "Em nome da democracia, da ecologia, da diversidade, da solidareidade, do humanismo, voito em Haddad", disse.

    Inclusive, a prefeita de Paris, Anne Hidalgo pediu voto em Haddad. Ela afirmou que "na véspera do segundo turno da eleição presidencial no Brasil, todo o meu apoio ao meu amigo Fernando Haddad. Conheci Fernando quando era prefeito de São Paulo. Ele é um homem de valor, um defensor da democracia, competente e corajoso".

    Veja o voto de Alceu Valença 

    Já Luciana Barcellos, chefe de redação do Jornal da Record, pediu demissão na semana passada e afirmou que "o Haddad não foi o meu candidato no primeiro turno. Mas agora o que está em jogo aqui é maior do que nossas primeiras escolhas. É a democracia, é o que queremos para nossos filhos, sobrinhos, netos, amigos, para todos os nossos afetos. É o que queremos de bom também para quem a gente nem conhece pessoalmente” e declarou seu voto em Haddad.

    Quem diria, mas até o anti-petista radical Marcelo Tas via votar em Haddad. A virada de votos avança. “O meu voto vai contra a posição de um candidato em relação à Amazônia, às minorias”, disse Tas. “Não me identifico com armas para resolver os problemas”, por isso, Tas diz votar contra o “candidato que tem péssimas idéias para o Brasil” e declara voto em Fernando Haddad, mesmo com críticas ao PT.

    Assista Marcelo Tas 

    Posição parecida tem o vocalista do grupo Capital Inicial, Dinho Ouro Preto, também anti-petista conhecido, declarou voto em Haddad. “Voto a favor da tolerância, do diálogo e principalmente da democracia”, afirmou.

    Acompanhe Dinho Ouro Preto 

    O cartunista e escritor Ziraldo, de 86 anos, que há pouco deixou o hospital, fez questão de gravar vídeo pedindo para salvar o Brasil e votar em Haddad, pela democracia. Mônica Iozzi, que não queria se posicionar, fez um vídeo muito emocionada por causa do espancamento de um amigo por seguidor de Bolsonaro, motivado por LGBTfobia.

    Emocionada Mônica Iozzi denuncia espancamento de amigo e pede consciência no voto deste domingo 

    As pessoas que têm real preocupação com o Brasil e com os direitos humanos e com a liberdade estão se posicionando claramente. Caso de Paulinho da Viola. “Há tempos resolvi não mais declarar meu voto, por motivos que não caberiam neste espaço. Porém, o momento que vivemos é diferente. Sinto a necessidade de juntar a minha voz a de inúmeros colegas, artistas, intelectuais e demais cidadãos brasileiros que acreditam na importância de valores fundamentais para a nossa sociedade e para a nossa democracia. Não podemos pensar um futuro sem valores básicos” e declara voto em Haddad.

    paulinho da viola

    Chico Buarque fez um pronunciamento emocionado no Ato da Virada, nos Arcos da Lapa, no Rio de Janeiro, na terça-feira (23). Ele pergunta onde essa violência vai parar e afirma que nós “não queremos mais mentiras, queremos paz, queremos alegria, queremos Fernando e Manuela”.

    Chico Buarque acredita que as pessoas das periferias neste segundo turno e votarão a favor de si mesmas, contra o retrocesso e a violência

    Marcos Aurélio Ruy - Portal CTB

  • Alceu Valença engrossa o coro de artistas por Diretas Já! Movimento cresce e aparece pelo país

    Alceu Valença com Elba Ramalho e Geraldo Azevedo durante o show em Olinda (FOto: Classic Hall/Divulgação)

    O cantor e compositor pernambucano Alceu Valença engrossa a fileira de artistas a favor da saída de Michel Temer e da aprovação da Proposta de Emenda à Constituição que institui eleições diretas, caso Temer deixe a Presidência.

    Valença gravou um vídeo defendendo as Diretas Já, após ter feito a discussão com o público em seu show d'O Grande Encontro em Pernambuco, no Classic Hall, em Olinda. "Será que não seria necessário fazer uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) para fazer eleições diretas?", pergunta.

    Assista Alceu Valença

     

    E complementa seu raciocínio afirmando que "a gente precisa respeitar as posições, mas serem colocadas posições com muita lógica, para que a gente não transgrida a lógica". Acontece também em Olinda neste domingo (4), às 15h o espetáculo político-cultural “Não me venha com indiretas”, na Praça do Carmo.

    "A retomada da discussão sobre as Diretas no Brasil é um tema de total urgência. Nosso objetivo é amplificar essa discussão de forma aberta e democrática e colaborar com uma rede nacional que já vem se articulando com eventos em diversos lugares do país", defende o produtor cultural Leo Antunes.

    Porto Alegre

    Artistas gaúchos pedem apoio financeiro através do site www.vakinha.com.br para a realização do show-político que acontecerá no domingo (11) em Porto Alegre. “A superação da grave crise política e institucional pela qual passa nosso país somente será possível com a convocação de novas eleições. Para defender as Diretas Já, artistas gaúchos promovem ato-show no dia 11, às 11h, na Redenção (Parque Farroupilha)”, diz em texto de apresentação do evento.

    Colabore pelo link a seguir

    www.vakinha.com.br/vaquinha/ato-show-pelas-diretas-ja

    Já confirmaram presença par cantar pela democracia e pelas Diretas Já em Porto Alegre os artistas Ernesto e Bagre Fagundes, Duca Leindecker, Richard Serraria, Bebeto Alves, Conjunto BlueGrass Portoalegrense, Duda Calvin, Solon Fishbone, Ique Gomez, Orquestra de Brinquedos, Luciano Leoes e quem mais aparecer.

    Periferia do Rio de Janeiro

    suburbio pelas diretas

    Artistas da periferia carioca lançam o movimento Subúrbio Pelas Diretas e saem nas ruas neste domingo (4), com concentração às 14, no portão do Parque Madureira (shopping). Depois ocorre uma caminhada até a Praça Paulo Portela e às 17h iniciam as apresentações musicais e dos coletivos culturais, intermediadas com discursos políticos. A festa promete alegria e reflexão até as 20h.

    São Paulo

    Mesmo com mentira veiculada pela mídia burguesa, a capital paulista recebe grandes artistas já confirmaram presença, entre eles: Chico César, Maria Gadú, Criolo, Tulipa Ruiz e Emicida, no Largo da Batata, em Pinheiros (zona oeste), a partir das 11h. Temer já treme.

    Saiba mais

    Monica Iozzi e Wagner Moura convidam para o SP Pelas Diretas Já neste domingo (4). Assista! 

    Show pelas Diretas Já chega a São Paulo neste domingo (4). Compareça!

    Portal CTB – Marcos Aurélio Ruy

  • Monica Iozzi e Wagner Moura convidam para o SP Pelas Diretas Já neste domingo (4). Assista!

    Para a jornalista Monica Iozzi “o povo brasileiro tem o direito de escolher quem será o nosso novo presidente. Não dá pra gente deixar essa escolha na mão desse Congresso que tá aí”. Por isso, “todos unidos pela democracia. Diretas Já”, complementa o ator Wagner Moura.

    Monica Iozzi  

    Iozzi e Moura convidam a todas e todos a participar do SP Pelas Diretas Já, no Largo da Batata, na zona oeste de São Paulo. A festa política começa às 11h, sem hora para acabar. Participam Criolo, Tulipa Ruiz, Maria Gadú, Emicida, Rael, Mano Brown e muitos outros.

    “É a vez da maior cidade do país fazer a sua manifestação pelas Diretas Já”, afirma Moura. Ele acredita que a manifestação de São Paulo “será maior ainda que a de Copacabana no Rio de Janeiro”. Já Iozzi complementa dizendo que “a gente quer pedir Fora Temer, a gente quer pedir Diretas Já”. Participe!

    Wagner Moura 

    Leia mais

    Show pelas Diretas Já chega a São Paulo neste domingo (4). Compareça!

    Serviço:

    SP Pelas Diretas Já
    Dia : Domingo (4), às 11h
    Local: Largo da Batata, Pinheiros, São Paulo

    Portal CTB – Marcos Aurélio Ruy

  • Monica Iozzi recorre de sentença que a condenou em processo movido por Gilmar Mendes

    Corre na internet um abaixo-assinado, elaborado por Vana Lopes, em nome do Grupo Vítimas Unidas (veja aqui) pedindo a revisão do processo contra a atriz Monica Iozzi condenada a pagar multa de R$ 30.000 por danos morais ao juiz Gilmar Mendes.

    “Meu nome é Vana Lopes, escritora do livro Bem-vindo ao Inferno. Sou uma das vítimas de Roger Abdelmassih e represento dezenas de outras vítimas do ex-médico; também falo em nome do Grupo Vítimas Unidas, que tem mais de 78 mil participantes; por último, falo como cidadã. Venho por meio deste abaixo assinado pedir que a ação onde foi condenada a atriz Monica Iozzi a pagar R$ 30 mil de indenização por danos morais a Vossa excelência seja relevada”, diz trecho do texto (assine aqui).

    O processo se deu porque no dia 28 de maio, Iozzi postou em seu Instagram uma mensagem sobre o habeas corpus concedido por Mendes para o médico Roger Abdelmassih, condenado a 278 anos de prisão por 58 estupros.

    Confira o post no Instagram de Monica Iozzi

    monica iozzi instagram

    O juiz Giordano Resende Costa alegou que a atriz é uma pessoa pública e, por isso, “sua liberdade de expressão deve ser usada de forma consciente e responsável”. Nenhum representante do Judiciário exige a mesma postura da mídia hegemônica.

    A jornalista Nathalí Macedo reage a essa decisão afirmando que “Iozzi não citou nomes, não proferiu ofensas pessoais, não alimentou discurso de ódio. Exerceu seu direito, como cidadã, de manifestar indignação diante de uma decisão que diz respeito a todas as mulheres brasileiras, sob o julgo de um judiciário notadamente machista. Onde estão as ‘ofensas à imagem do Ministro’, já que sequer seu nome fora citado?”

    Isso mostra que a carapuça serviu. A atriz afirma que não ofendeu a ninguém, mas somente expressou “uma opinião sobre um fato público a respeito do julgamento de um médico que chocou o país. Médico acusado e condenado por ter abusado sexualmente de dezenas de suas pacientes".

    Portal CTB – Marcos Aurélio Ruy com agências