Sidebar

23
Sáb, Mar

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Centenas de trabalhadores e trabalhadoras de diversas categorias lotaram ao auditório do Hotel Sol Marina para participar do Seminário “a Reforma da Previdência e seus impactos na vida do trabalhador”, promovido pela CTB Bahia nesta quinta e sexta-feira (15 e 16/09). O evento foi aberto oficialmente com um debate sobre conjuntura política e os desafios dos trabalhadores.

A mesa de abertura foi composta por Adilson Araújo presidente nacional da CTB, Daniel Almeida deputado estadual e presidente do PCdoB da Bahia, Aurino Pedreira Presidente da CTB Bahia, Cedro Silva presidente da CUT-BA, Haroldo Lima cientista político, Inalba Fontenelle secretária de formação da CTB Bahia e pela Deputada Federal e candidata a prefeita de Salvador Alice Portugal.

1 seminario previdencia ctb ba4

Em sua fala, Adilson Araújo explicou o que está por trás da Reforma da Previdência. “A proposta de reforma da Previdência Social do presidente sem voto desmonta o sistema e solapa um direito consagrado na Constituição Federal. Uma reforma que estabelece idade mínima de 65 anos, podendo chegar a 70 anos, para homens e mulheres, e que desvincula o reajuste, acima da inflação, das aposentadorias e pensões do aumento do salário mínimo, ação que impactará em mais de 70% dos beneficiados, mostra que o compromisso de Temer não é com a nação, mas sim com os setores que se beneficiarão deste desmonte, o setor financeiro”.  

Para Haroldo, a realização do seminário é muito importante para os trabalhadores. “O que está em curso no brasil é a tentativa de desmontar o estado nacional que leva em conta certos interesses básicos do povo brasileiro, um dos interesses centrais do povo brasileiro é a previdência social, através dela existe no Brasil uma distribuição de renda grande, é muito importante para todos nós, principalmente para os trabalhadores”.

A secretária de formação da CTB Bahia, Inalba Fontenelle também falou da importância da realização do seminário. “A CTB mais uma vez na luta dos trabalhadores organizando e levando a informação com esse seminário sobre a reforma da previdência, um risco sobre a redução dos direitos da classe trabalhadora não só faz o planejamento de uma estratégia de uma tática de luta da classe trabalhadora contra a retirada desses direitos, mas também tenta nesse momento fazer com que os trabalhadores se apropriem dos dados sobre a real situação da previdência no Brasil”.

Alice Portugal, aproveito para parabenizar a CTB pela realização do Debate “ Esse Seminário tem uma importância muito grande, porque trata de uma matéria delicada para os trabalhadores brasileiros, uma conquista de 92 anos que vem sendo defenestrada e que agora o presidente golpista  está dando um tiro de morte contra  a previdência social, quero aproveitar para parabenizar a CTB pela realização desse seminário atual,  vamos continuar na luta contra a PEC 241/2016 e contra essa nefasta na reforma da previdência.”

Na sexta-feira (16/09), os debates continuam abordando os aspectos jurídicos da reforma da Previdência, com palestra de Daisson Portanova, advogado e consultor em Matéria Previdenciária e de Direito Social.

Os sindicalistas discutirão também a MP 739/2016, publicada pelo governo Temer, que promove a revalidação dos benefícios por incapacidade, de forma a revogar a permanência dos pagamentos aos assegurados.

“Esse seminário discute a tentativa desse governo golpista de retirar direitos da classe trabalhadora. É fundamental discutirmos essas ameaças que enfrentam os trabalhadores, através dessa reforma da legislação trabalhista, da reforma da previdência, entre outros ataques e intensificar nossa resistência. Estamos mobilizados e não vamos aceitar que sequestrem nossos direitos. Nenhum direito a menos. O povo estará nas ruas contra essas medidas”, afirmou Aurino Pedreira.

Fonte: CTB Bahia

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.