Sidebar

19
Dom, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Liderados pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas (Sinteam), os profissionais da rede estadual de ensino público encerraram a greve nesta terça-feira (10), conquistando um reajuste de 27,02% (7,41% em março de 2018, 8,12% em setembro e 9,38% em janeiro de 2019).

"É uma vitória da educação. Tivemos que endurecer, fazer greve, deixar nossos alunos sem aula para pedir um aumento digno para nossa categoria, mas a luta valeu a pena", disse Marcus Libório, presidente do Sinteam.

Além do percentual, a categoria terá promoção por titularidade de 3.516 servidores, plano de saúde, reajuste de 95% no vale-alimentação, pagamento integral do vale-transporte, revisão do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), auxílio localidade e negociação das faltas do período de greve.

“Foi uma grande conquista da categoria que se manteve firme na luta até o fim”, ressalta Isis Tavares, presidenta da CTB-AM.

Portal CTB e Mariane Cruz, do Sinteam

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.