Sidebar

23
Sáb, Mar

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Por volta das 6 horas, desta sexta-feira (30), a CTB-ES e as demais centrais sindicais se reuniram na Rodoviária de Vitória em função da Greve Geral, com o objetivo de protestar principalmente contra a reforma da previdência, a reforma trabalhista e o governo do atual presidente, que trata a classe trabalhadora com descaso.

A classe trabalhadora saiu em caminhada pelas ruas da capital e durante o percurso, foi acompanhada pela tropa de choque, tudo parecia bem tranquilo, até que a tropa resolveu lançar bomba de efeito moral e gás lacrimogênio nos trabalhadores que manifestavam, causando grande desconforto.

“A agonia foi da Rodoviária até o Hospital São Lucas (Instituição de ensino). Eles pareciam ter um estoque novo pra gente.”, afirmou Paula Jenaina, que acompanhou todo o trajeto.

Além da CTB- ES, estavam reunidos a Fetraee (Federação Estadual dos Trabalhadores em Estabelecimento Privado no Ensino do ES), a CUT (Central Única dos Trabalhadores) e sindicatos como Sinpro-ES, Sindeducação, Sindseg, Sindiupes, entre outros.

Cabe um destaque especial ao manifestante do SindRodoviários. O sindicado não aderiu a greve, mas o trabalhador fez questão de parar, acompanhar a manifestação e ainda dar uma fala em frente à sede do seu sindicato em forma de protesto e indignação.

Os trabalhadores agora seguem para a Assembleia Legislativa, onde às 12h acontecerá um ato reunindo todas as centrais e os movimentos sociais.

Karol Siqueira - CTB-ES

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.