Sidebar

23
Ter, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

No primeiro dia do 2º Congresso da Fitmetal, que ocorre entre os dias 25 e 27 de maio, em Guarulhos, São Paulo, metalúrgicos e metalúrgicas reagiram ao atual momento político do país pedindo “Eleições Diretas Já”.

2º Congresso da Fitmetal terá participação de Renato Rabelo e Ciro Gomes nesta sexta (26)

Para o presidente da Fitmetal, Marcelino da Rocha, “as conclusões tiradas desse 2º Congresso darão musculatura para se enfrentar qualquer proposta de reforma que vise retirar direitos dos trabalhadores e enfrentar os retrocessos colocados nos últimos dias”, em referência ao decreto, posteriormente revogado, de Michel Temer, que autorizava as Forças Armadas a reprimir manifestações nas ruas.

De acordo com o secretário-geral da Federação, Wallace Paz, mesmo que o Congresso ainda esteja em seu início, os metalúrgicos e metalúrgicas podem se orgulhar.“Já consideramos esse congresso vitorioso pela sua representatividade: são 164 delegados, sendo que 33 são mulheres”, comentou.

Durante o primeiro dia de atividades, o regimento Interno do Congresso foi lido para os delegados que o aprovaram por unanimidade. A tese-guia do 2º Congresso também foi lida e, posteriormente, os metalúrgicos e metalúrgicas debateram o seu conteúdo que tratou sobre: a conjuntura nacional e internacional, a defesa da indústria nacional, a falta de rumo da indústria automotiva, o balanço dos 7 anos da Federação e o plano de lutas para o próximo período. Em seguida, os delegados e convidados alternaram-se em intervenções acerca da tese.

Amanhã, 26, dois debates marcam o dia. O primeiro, pela manhã, será sobre o tema: “Os desafios da classe trabalhadora diante da atual conjuntura”. Participam dessa mesa Renato Rabelo, presidente da Fundação Maurício Grabois e ex-presidente do PCdoB; Marcos Verlaine, assessor do DIAP e um representante do Dieese.

Na parte da tarde, o debate será: “Caminhos para o Brasil superar a desindustrialização e retomar um Projeto Nacional de Desenvolvimento”. Estarão na mesa, Ciro Gomes, ex-ministro do governo Lula e ex-governador do Ceará; André Nassif, economista da UFRJ; e Assis Melo, deputado federal (PCdoB-RS).

Por Murilo Tomaz, na FitMetal 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.