Sidebar

26
Qua, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Estudante dá detalhes, aos Jornalistas Livres (assista vídeo abaixo), sobre a ação da tropa de choque da Polícia Militar de São Paulo na invasão que a PM fez ao Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza na manhã da segunda-feira (2) para tirar os secundaristas, que ocupam a sede do órgão responsável pelas escolas técnicas no estado, desde o dia 28 de abril.

O juiz Luiz Manuel Pires, do Tribunal de Justiça estadual, determinou a saída da PM do local e deu 72 horas para o secretário de Segurança, Alexandre de Moraes, explicar o motivo de a polícia invadir o local sem autorização judicial. 

Os alunos das escolas técnicas paulistas reivindicam vale-alimentação até os refeitórios prometidos pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) ficarem prontos. 

O novo presidente da União Paulista dos Estudantes Secundaristas (Upes) explica que o movimento estudantil se mobiliza também para pressionar a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito na Assembleia Legislativa do estado para investigar o dinheiro desviado da merenda escolar, que envolve inúmeros políticos e empresários.

Leia mais

Estudantes reivindicam merenda e Geraldo Alckmin manda a tropa de choque

Portal CTB - Marcos Aurélio Ruy

Assista  e veja a tropa deixando as dependências do Centro Paula Souza: 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.