Sidebar

18
Ter, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Mulheres de diversas categorias, entidades sindicais e dos movimentos sociais ocupam neste momento a Praça da Sé, local considerado o marco zero da cidade de São Paulo.

O objetivo da atividade, além de celebrar o 08 de março - Dia Internacional da Mulher, é mostrar que as trabalhadoras não aceitarão nenhum ataque aos seus direitos.

Confira as fotos do evento (clique nas setas laterais para mudar):

Mulheres contra Temer no 8 de Março

Apesar do cenário de injutiça, violência e desigualdade enfrentado pelas mulheres cotidianamente, neste ano o eixo da manifestação é o combate à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287/2016, que promove o desmonte da Previdência Social, penalizando duplamente as trabalhadoras. 

De acordo com especialistas, a injustiça será maior para as mulheres, ao tentar igualar o tempo de contribuição para a aposentadoria entre os sexos. A situação de exploração das mulheres brasileiras tende a piorar, já que a carga de trabalho extra realizado em casa, continua quase que exclusivamente sob a responsabilidade das mulheres. Pesquisas comprovam que apesar de terem maior escolaridade e trabalharem mais, as mulheres ainda ganham menos quando comparadas aos homens que exercem a mesma função.

Portal CTB

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.