Sidebar

26
Dom, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

"Não admitiremos que acabem com a nossa aposentadoria", avisa René Vicente, presidente do Sintaema (Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Estado de São Paulo), que nesse momento participa de ato na porta da unidade da Sabesp, no Alto da Boa Vista, na região da Zona Sul. Um complexo que reúne mais de 600 trabalhadores.

Em entrevista ao Portal CTB, Vicente destacou que os atos deste 15 março são apenas o começo de uma ampla jornada contra a perversa PEC 287 ( Proposta de Emenda à Constituição que desmonta a Previdência Pública). 

De acordo com o dirigente, serão paralisadas, hoje, mais de 75 unidades que es localizam na Zona Sul, Leste, Oeste e Centro da capital Paulistana, além do interior do estado.

"São mais de 75 áreas paradas contra o desmonte da Previdência Social. As primeiras horas dos atos nos enche de expectativa e já sinalizam para um saldo positivo do movimento. A mobilização mostra não só a insatisfação da classe trabalhadora com a agenda regressiva proposta por esse governo sem voto, mas sobretudo sinaliza para a resposta dos trabalhadores e trabalhadoras em defesa dos direitos consagrados", afirma René Vicente.

Segundo o dirigente, a categoria marchará para a Av. Paulista, às 16h, para engrossar o ato das frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo. "O dia de luta hoje é apenas o começo da pressão que nós trabalhadores faremos contra essa agenda nefasta de Temer", avisou.




Unidade Sabesp - Vila Mussolini SBC

Unidade Sabeste - ABV

Colaboração Sintaema

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.