Sidebar

09
Dom, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A CTB-Bahia externou em carta, dia 26 de agosto, à Secretaria Extraordinária para Assuntos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 – SECOPA, do Governo do Estado da Bahia, apoio para que Salvador, primeira capital do país, seja a sede da abertura da Copa do Mundo de Futebol em 2014.

Segundo Adilson Araújo, presidente da Central no estado, a entidade não poderia deixar de participar da campanha, que envolve diversas instituições e entidades. “Vejo esta idéia como oportunidade de novos empregos, aumento das vendas de produtos no comércio local, visibilidade para nosso estado e desenvolvimento da indústria turística,” disse.

Conheça na íntegra o texto da carta


SALVADOR REIVINDICA ABERTURA DA COPA DO MUNDO 2014

O movimento sindical baiano, diante das incertezas e discussões acerca de como será a abertura da próxima Copa do Mundo de Futebol, a ser realizada no Brasil em 2014, apóia a iniciativa de empreender todos os esforços no sentido da perspectiva de que a abertura do Campeonato Mundial seja realizada na Bahia, mas precisamente em Salvador.

Muitas razões nos permitem almejar que a abertura se dê em nosso estado, haja vista que além de ser a primeira capital do país, somos um povo que ama e é fanático por um bom futebol, ademais o Governo do Estado está construindo uma arena multiuso, que permitirá um espetáculo digno dos que amam esse esporte. A “Nova Fonte Nova” será uma das mais modernas arenas esportivas do mundo, possibilitando a todos os usuários conforto e segurança, bem como com uma localização privilegiada para o seu acesso.

Salvador é uma metrópole moderna, e está sendo mais bem preparada para continuar acontecendo, aqui em nossa capital, eventos de qualquer natureza, esportivos, políticos, culturais, congressos e seminários, sem nenhum demérito aos culturalmente chamados de grandes centros.

O povo baiano é de uma hospitalidade impar; e em Salvador a estrutura hoteleira é de altíssimo nível, e já está sendo ampliada para melhorar a capacidade em receber um grande número de turistas, e os que irão participar diretamente do evento.

Considerando, por último, que somente o preconceito e a insistência empresarial e política são os únicos entraves que podem existir contra a realização do evento em nossa terra, é que o Movimento Sindical, aliado aos demais movimentos sociais, apóia a justa reivindicação, que também é do nosso povo e de toda região norte e nordeste, para que seja dada a oportunidade a Salvador sediar a abertura do Campeonato Mundial de Futebol em 2014.

Por Kardé Mourão (CTB-BA)

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.