Sidebar

25
Ter, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A rainha da Inglaterra parece poderosa, mas não é. Ocupa um cargo mais decorativo do que real. Assim se sentiu o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, em Washington, conforme revela matéria da jornalista Patrícia Campos Mello, do jornal “Folha de São Paulo”, parcialmente reproduzida abaixo:

“O chanceler Ernesto Araújo teve um chilique na frente de outros ministros por causa da participação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) no encontro privado entre os presidentes Jair Bolsonaro (Brasil) e Donald Trump (EUA) nesta terça-feira (19).

“Araújo não participou da reunião privada entre os dois líderes realizada no Salão Oval da Casa Branca, em Washington.

“Segundo pessoas que estavam presentes no momento descreveram à Folha, Araújo ficou especialmente irritado após ler o blog da jornalista Míriam Leitão, do jornal O Globo.

“No texto, ela afirma que o Itamaraty saiu rebaixado com ida de Eduardo para o encontro com Trump e diz que, se Araújo tivesse “alguma fibra”, ele pediria para deixar o cargo.

“A percepção dos presentes foi de que o ministro às vezes tem comportamento instável. O ministro da Economia, Paulo Guedes, tentou acalmá-lo.”

Ficou claro que o ministro virou uma espécie de rainha da Inglaterra do Itamaraty. O chanceler de fato é Eduardo Bolsonaro, que andou falando asneiras sobre imigrantes brasileiros e levou um puxão de orelha até do pastor Malafaia, eleitor de Bolsonaro.

Quando à fibra e caráter do ministro Ernesto Araújo, o leitor Wagner Castro fez um comentário esclarecedor:

“Ernesto Araújo não é um Chanceler. É um blogueiro e bajulador de extrema direita alçado ao topo da carreira pela simples identidade ideológica com o atual e famigerado governo e seu guru Olavo de Carvalho. E se Ernesto Araújo tivesse alguma ´fibra´, vulgo ´vergonha na cara´, ele jamais teria aceito um cargo para o qual não tem qualificação, inclusive a ausência dessa mesma ´fibra´.

Que vergonha, meu Brasil!

0
0
0
s2sdefault