Sidebar

18
Qui, Abr

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A líder da Minoria na Câmara de Deputados, Jandira Feghali (PcdoB-RJ), participou de café da manhã, neste dia 20, com sindicalistas da Contee, Fasubra e o presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Adilson Araújo, onde foi debatida a ação conjunta contra a reforma da Previdência. “Precisamos realizar uma campanha unificada denunciando que essa reforma é contra os pobres, contra os trabalhadores”, afirmou o coordenador-geral da Contee, Gilson Reis, abrindo o encontro, que ocorreu na sede da entidade, em Brasília.

Jandira defendeu a formação de “um movimento cívico pela Previdência e pela solidariedade. Essa reforma pretendida pelo Governo Bolsonaro é a entrada para uma sociedade perversa, uma agressão às mulheres, aos idosos, aos humildes. É a proposta mais cruel que chegou à Câmara dos Deputados desde o meu primeiro mandato, em 1991. É necessária uma mobilização intensa para barrá-la. Na Câmara vamos usar todos os recursos regimentais possíveis para derrotá-la”.

Adilson disse que a luta contra a reforma “abarca todo o povo. Vamos criar um escritório da resistência e fazer uma contraofensiva na comunicação, desmascarando as mentiras do governo sobre a Previdência”.

Jandira anunciou que, no dia 11 de abril, haverá um evento de mulheres na Câmara sobre a proposta governamental, “pois elas são especialmente prejudicadas, nas cidades e no campo”. As comissões temáticas da Casa também serão acionadas para debater e esclarecer o conteúdo da reforma.

 

Fonte: contee.org.br

0
0
0
s2sdefault