Sidebar

21
Dom, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Leia abaixo a nota de pesar da Direção Nacional da CTB: 

Faleceu nesta madrugada (19/6) em Jacareí/SP, o companheiro Lucio Bellentani.

Lucio foi militante do Partido Comunista Brasileiro em 1972 e era um quadro operário na organização clandestina do Partido na Volkswagen, em São Bernardo do Campo.

Foi preso e torturado, no DOPS em São Paulo, durante 47 dias.

Integrou a Oposição Metalúrgica de SP e foi presidente de comissão de fábrica, quando trabalhava na Ford. Em 87, encabeçou uma chapa de oposição nas eleições do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo. Depois, foi dirigente da Forca Sindical. Fundou e era presidente do Sindicato Nacional dos Aposentados do Brasil (SINAB), filiado à Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB)

Participou ativamente da denúncia do caso Volks, depondo na Comissão Nacional da Verdade, no inquérito elaborado contra a empresa por sua colaboração com o aparato repressivo da Ditadura Miliar.

A Direção Nacional da CTB solidariza-se com todos os familiares e amigos do companheiro Lúcio, neste momento de profundas consternação e tristeza.

Manifesta também a certeza de que a luta, o desprendimento e a coragem que Lucio demonstrou ter em toda sua vida militante nos deixa um precioso legado.

COMPANHEIRO LÚCIO, PRESENTE!

Direção Nacional da CTB

0
0
0
s2sdefault