Sidebar

21
Ter, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Os Cursos Nacionais de Formação Sindical do Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho (CES) em convênio com a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) chegaram nesta terça-feira, 20 de janeiro, em seu segundo dia.

Abrindo as atividades expositivas do período da manhã, o 4º Curso Nacional de Gestão Sindical tratou do tema negociação coletiva e organização do local de trabalho (OLT), com a professora e secretária de Formação e Cultura da CTB, Celina Arêas.

Na parte da tarde, a aula "TST e os direitos trabalhistas" foi lecionada pelo advogado, assessor jurídico do SINPRO Goiás e da CONTEE, José Geraldo Santana de Oliveira, tendo como mediador o professor e pesquisador do CES, Renato Soares Bastos.

Já no 3º Curso Nacional de Formação de Lideranças Sindicais teve em sua programação uma discussão sobre o papel do estado e os trabalhadores do serviço público, com o jornalista e assessor da CTB Nacional, Umberto Martins e José Geraldo Santana.

Fortalecendo a presença dos companheiros e companheiras do campo, o advogado, assessor do Conselho Nacional de Saúde (CNS), ex-assessor da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (CONTAG), Luiz Gonzaga e o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Minas Gerais (FETAEMG), Vilson Luiz Silva apresentaram as políticas sobre a questão da terra, trabalhadores e trabalhadoras rurais.

As atividades do 7º Curso Nacional de Formação de Formadores e Formadoras foram pautadas nos processos metodológicos aplicados em aula. Pressupostos teóricos da Pedagogia Histórico-Crítica e da Pedagogia Participativa de Cuba foi o tema trabalhado com a professora Nereide Saviani e Regla María Hernandez, da Escuela Nacional de Cuadros Sindicales Lázaro Peña.

Regla María continuou durante todo o período da tarde a apresentação metodológica lecionando a aula ”Construindo uma aula com base na Pedagogia Participativa de Cuba”.

Atividades culturais

A exibição do longa Repare Bem fechou a programação. Dirigido pela portuguesa Maria de Medeiros, o filme conta a trajetória da família de Denise Crispim, sua filha Eduarda Ditta Crispim Leite e seu ex-companheiro Eduardo Leite, o “Bacuri”, torturado por 109 dias e assassinado pelos militares. Os relatos e personagens da trama desvelam os aspectos mais cruéis deste período da história brasileira, em um documentário que contribui para os crescentes debates sobre o resgate da memória no Brasil e a reparação das famílias brutalizadas pelo Estado.

Programação continua

Os cursos seguem até o dia 24 de janeiro. As programações completas do 3º Curso Nacional de Formação de Lideranças Sindicais, do 4º Curso Nacional de Gestão Sindical e do 7º Curso Nacional de Formação de Formadores e Formadoras podem ser conferidas no link: http://migre.me/ockAJ

Da Redação do CES

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.