Sidebar

25
Seg, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

"Algumas vezes a solidariedade vence a insanidade tão presente no Brasil do golpe de 2016", diz Vânia Marques Pinto, secretária de Políticas Sociais da CTB. Esse é o caso do fato ocorrido no Shopping da Bahia em Salvador, na segunda-feira(11), véspera do Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil.

Tudo aconteceu na praça da alimentação do shopping, onde um segurança fez o que sempre fazem os seguranças e tentou impedir o jovem Kaique Sofredine de pagar almoço para um “menino de rua”. A cena foi filmada e o vídeo já se aproximava (até o fechamento desta matéria) dos 15 milhões de visualizações na página de Facebook de Sofredine.

Após a repercussão negativa, a direção do shopping divulgou uma afirmando que “reforçamos que nossa operação atua em alinhamento com órgãos de defesa dos direitos humanos, como o Conselho Tutelar e o Juizado de Menores. O empreendimento reforça ainda que, em seus 42 anos de história, sempre teve orgulho de manter uma relação de proximidade e respeito com seus clientes, valorizando a cultura e o povo da Bahia”.

Assista a bela atitude de Kaique Sofredine no Shopping da Bahia, em Salvador 

Episódios de discriminação de crianças em situação vulnerável não é novidade. Chama a atenção a atitude do jovem e os milhares de comentários em seu apoio. “Por que ele não vai comer?", pregunta o rapaz. "É um ser humano como outro qualquer”, complementa. “Eu queria ver se fosse seu filho na rua passando fome”.

Para a sindicalista baiana, "a atitude do rapaz e de quem filmou tudo é altamente louvável para ver se mudamos a mentalidade desses trabalhadores que são treinados para defender o patrimônio sem se importar com a pessoa”.

Vânia acredita que o segurança em questão agiu de forma padrão. “Vivemos um momento de crescimento da violência e do ódio de classe. O aprofundamento da crise poderá trazer à tona muitas ações como a desse menino e a segurança sempre agirá para reprimir”.

Muito importante, de acordo com a trabalhadora rural, “é valorizarmos as boas atitudes como a desse jovem". Para ela, "a eleição deste ano contará com dois componentes a serem conquistados: acabar com a miséria e a volta da democracia".

Marcos Aurélio Ruy – Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.